23 de fev de 2017

De capa em capa #1: Capas com flores


Essa é uma das colunas que eu mais gosto de fazer no blog, porque eu sou apaixonada por capas. Para quem não conhece, nessa coluna, eu falarei várias coisas sobre capas e na de hoje, eu resolvi trazer capas temáticas, ou seja, 12 livros com uma capa temática, que, nesse caso, são flores. 12 livros com flores na capa e espero que você gostem. Se conhecem mais livros, comentem em baixo. Beijooos!

              Resultado de imagem para lembra de mim? sophie Resultado de imagem para capas de livros com flores na frente Resultado de imagem para capas de livros com flores na frente Resultado de imagem para capas de livros com flores na frente



                                        Resultado de imagem para proibido tabitha suzuma Resultado de imagem para quem é você alasca? Resultado de imagem Resultado de imagem

     Resultado de imagem Resultado de imagem para capas de livros com flores Resultado de imagem Resultado de imagem

19 de fev de 2017

Vai um filminho aí?: Ae Dil Hai Mushkil

Resultado de imagemTítulo: Ae Dil Hai Mushkil
Ano de lançamento: 2016
Elenco: Aishwarya Rai Bachchan como Saba, Anushka Sharma como Alizeh e Ranbir Kapoor como Ayan Sangar
Nacionalidade: Indiano
Gênero: Drama, Romance
Direção: Karan Johar 

               


15 de fev de 2017

Papo Literário: Béatrice T. Dupuy

Estou super feliz por dar início á essa coluna chamada 'Papo Literário' onde irei entrevistar vários autores.
Para começar com chave de ouro, essa entrevista é com a autora do livro Ecos - publicado pela editora Coerência -, a Béatrice T. Dupuy que é super fofa e talentosa. Espero que vocês gostem da entrevista.


Ecos
ECOS - O MAR É A NOVA LUA 
Alexandre volta à casa em que morou quando adolescente e revive muitas lembranças ligadas ao misterioso desaparecimento de seu pai. “Ecos - o Mar é a nova Lua” traz duas histórias vinculadas aos valiosos tesouros submarinos e à existência dos seres que vivem nas águas dos oceanos.
Interesses econômicos impedem que pesquisas importantes sejam reveladas, nem que para isso seja necessário eliminar os cientistas e pesquisadores envolvidos, que dispõem de ricos dados sobre o assunto.
Alexandre relata as peripécias de seu pai, Alfred, que durante suas investigações começa a desconfiar de perigos advindos dos sonares da marinha que estão causando a morte de baleias. O fato mais perturbador é a existência de criaturas fantásticas e cativantes, vivendo nas abissais profundezas e as buscas para poder contatar com esses seres, cuja existência é negada e escondida pelos que se consideram os donos da ciência. Tudo isso é mostrado na fascinante narração feita por Béatrice T. Dupuy, que tem como personagem principal Alfred, o pai de Alexandre. Quem lê a obra descobre que há um mundo paralelo onde Alexandre precisará fazer uma escolha que norteará toda a sua vida.
BLOG: Primeiramente, obrigada pela oportunidade. Conte-nos sobre como você se tornou escritora. Foi sempre um sonho seu?
AUTORA: Eu que agradeço pela oportunidade. É um prazer falar com você.
Sempre fui apaixonada por livros e a leitura me motivou à escrita. Eu tive uma ideia e coloquei-la no papel. Hoje não escrevo só porque gosto, mas também porque ajuda a liberar a criatividade e a me expressar.

BLOG: Sobre o livro que você está publicando pela Editora Coerência, Ecos. Como foi escrever esse livro? Você se baseou em alguma coisa ou em alguém? Como surgiu a ideia de escrever essa história?
AUTORA: A ideia surgiu de repente. Comecei a escrever uma história que misturasse seres marinhos, ecologia e amor. Foi demorado (3 anos) pois o texto foi escrito com base em acontecimentos reais, porém, em um contexto ficcional por se tratar de um romance.
Usei fatos reais e históricos para dar suporte às histórias, mas junto com eles envolvem a imaginação para “aumentar um ponto” na realidade. Tipo uma lenda.
“Ecos”, também proporciona uma viagem de autoconhecimento e de questionamento sobre a existência humana, uma vez que se trata de obra de ficção e romance que coloca em xeque os valores humanos.

BLOG: Você gosta muito de ler (imagino que sim)? Se sim, quais são os seus estilos (ou estilo) literários favoritos? 
AUTORA: A literatura sempre fez parte da minha vida, pois sou filha de uma ex-comissária de bordo e de um filosofo então consecutivamente vivi o meu cotidiano no mundo das viagens e dos livros. Meu pais sempre nos incentivaram a ler e a ter amor pelos livros. (muitos owwwwwns meus nessa parte)
Na França tem um provérbio que fala que “com um livro, nunca estamos sozinhos. ”

BLOG: Você se inspira em algum autor (ou autores) para escrever seus livros? Se sim, quais? 
AUTORA: Eu sou bem eclética gosto de Adolfo Bioy Casares, Franz Kafka, Richard Matheson, Albert Camus, Martha Medeiros...
Eu tenho uma preferência para Literatura fantástica mas gosto também de romances históricos e crônicas.

BLOG: Você teve muita dificuldade com a publicação dos seus livros? O que você acha do mercado editorial brasileiro?
AUTORA: Mesmo em grave crise econômica, acho que o mercado editorial brasileiro se desenvolve, pois, está mais profissional e o número de leitores está em crescimento visto que o livro se torna uma alternativa de entretenimento e lazer economicamente alcançável. É uma oportunidade de entrada de novos autores no mercado.

BLOG: Você tem algum novo projeto? Se sim, alguma previsão que quando será lançado?
AUTORA: Sim estou escrevendo um livro de contos. O tema é sobre casos passageiros. Tipo romance breve mas intenso que não precisam ser vistos como histórias de fracassos, mas como experiência única que compensa o prazo de validade curto. Pretendo lançá-lo ainda este ano.


Muito obrigada novamente pela oportunidade, Béatrice. Espero que sua carreira dê muito certo e muito sucesso! Beijos!

8 de fev de 2017

Resenha: Filha da Ilusão


Título: Filha da ilusão
Título Original: Born of Ilusion
Autor: Teri Brown
Editora: Valentina
Nº de páginas: 288
SKOOB
 3/5
Ilusionista talentosa, Anna é assistente de sua mãe, a famosa médium Marguerite Van Housen, em seus shows e sessões espíritas, transitando livremente pelo mundo clandestino dos mágicos e mentalistas da Nova York dos anos 1920. Como filha ilegítima de Harry Houdini - ou pelo menos, é o que Marguerite alega - os passes de mágica não representam um grande desafio para a garota de 16 anos: o truque mais difícil é esconder seus verdadeiros dons da mãe oportunista. Afinal, enquanto os poderes de Marguerite não passam de uma fraude, Anna consegue realmente se comunicar com os mortos, captar os sentimentos das pessoas e prever o futuro.

Porém, à medida que os poderes de Anna vão se intensificando, ela começa a experimentar visões apavorantes que a levam a explorar as habilidades por tanto tempo escondidas. E, quando um jovem enigmático chamado Cole se muda para o apartamento do andar de baixo, apresentando Anna a uma sociedade secreta que estuda pessoas com dons semelhantes aos seus, ela começa a se perguntar se há coisas mais importantes na vida do que guardar segredos. Mas em quem ela pode, de fato, confiar?

Teri Brown cria, neste fantástico romance histórico, um mundo onde pulsam a magia, a paixão e as tentações da Nova York de Era do Jazz - e as aventuras de uma jovem prestes a se tornar senhora do seu destino.

Dia de Nacional: Escândalo!!!

Escândalo!!!Título: Escândalo!!!
Autora: Tammy Luciano
Editora: Valentina
Nº de páginas: 
SKOOB
 3/5 
Viva uma história de amor que -- na atual realidade das garotas famosas, candidatas à diva e que dominam o mundo da TV -- fará você perder o fôlego ao acompanhar a rotina, os dramas e a, muitas vezes, dura realidade de uma personagem parecida com alguém que conhecemos nas novelas que tanto amamos.

Belinda é a garota da capa nessa trama atual, acelerada e sem meias palavras, catapultada ao estrelato praticamente da noite para o dia. Até onde vai a maldade alheia? O dinheiro compra realmente tudo? Que mistérios envolvem a vida de uma das atrizes mais amadas do momento? O que esconde a moça de vida perfeita? Um livro com a intimidade da fama sendo escancarada. Vida real dentro de uma ficção, segredos de um mundo guardado a sete chaves, como o último capítulo da novela.