26 agosto 2015

Resenha: Se eu ficar


Título: Se eu ficar
Título Original: If I Stay
Autora: Gayle Forman
Editora: Novo Conceito
Nº de Páginas: 224
 3/5

Depois do acidente, ela ainda consegue ouvir a música. Ela vê o seu corpo sendo tirado dos destroços do carro de seus pais – mas não sente nada. Tudo o que ela pode fazer é assistir ao esforço dos médicos para salvar sua vida, enquanto seus amigos e parentes aguardam na sala de espera... e o seu amor luta para ficar perto dela. Pelas próximas 24 horas, Mia precisa compreender o que aconteceu antes do acidente – e também o que aconteceu depois. Ela sabe que precisa fazer a escolha mais difícil de todas.

                                                           
Olá, pessoal! A resenha de hoje é do livro Se eu ficar. Também faremos uma resenha sobre o filme, mas isso é só depois que eu assisti-lo, então poderei fazer uma comparação com o livro.

Bom, o livro conta a estória de Mia Hall, uma talentosa violoncelista, filha de pais rock stars e que namora um cantor de rock, Adam. Indo visitar os avós, Mia e os pais e o irmão mais novo, Teddy, sofrem um acidente de carro, matando todos, deixando apenas Mia entre a vida e a morte, em coma no hospital. Nem reclamem, porque isso não é spoiler. Tipo, está na sinopse do livro. Enfim, o livro se passa com Mia no hospital. Ela descobre que tem o poder se decidir se vai ou fica.

O livro todo é narrado por Mia, onde, cada momento no hospital com seus parentes, Kim, sua melhor amiga e Adam, remete uma lembrança da sua vida e são essas lembranças que faz com que Mia tome a sua decisão.

“Se eu ficar” é um livro curto e bem pequeno, com uma estória um pouco mais complexa do que é de costume os livros desse tamanho ter. No início, eu demorei muito nas primeiras páginas, mas por culpa minha mesmo. Quando você começa a pegar o ritmo, você continua lendo sem problemas. Eu achei um livro não muito simples. Como já havia falado, a estória é desenvolvida de uma forma “complicada”, com vários aspectos.

O livro fala sobre sexualidade, amor, relacionamento com os pais, com irmãos, com melhores amigos e coisas desse tipo. Vemos a vida de Mia, como se estivessem acompanhando dês do início. Dês de quando ela nasceu, porque as lembranças são bem antigas.

É uma estória bem construída, com todos as lembranças bem arrumadas e organizadas, o que não deixa nada confuso (graças a Deus!), porque, geralmente, é um dos grandes desafios dos livros com flashbacks. Arrumar tudo, para que não confunda o leitor.


Gostei do livro, achei sim que deveria ter explorado mais alguns aspectos e eu senti falta de alguma coisa maior no final. Achei meio incompleto, mas vale a pena ler.

SPOILER: Ela volta para ficar com Adam.

3 comentários:

  1. Quero ler esse livro, parece sensacional.

    ResponderExcluir
  2. Eu li este livro em pdf e como você tambem demorei para ler no inicio, mas da fato, depois que pega o "ritmo" vai embora..rs... Abraços.

    ResponderExcluir
  3. Outro dia eu passei na Saraiva, vi esse livro e fiquei com vontade de pegar. Eu acabei pegando outros titulos mas depois da sua resenha fiquei tentada a comprar. Vou atras dele depois.

    hardbanger.blogspot.com.br

    ResponderExcluir