22 de mar de 2016

Resenha: Trono de Vidro


Título: Trono de Vidro
Título Original: Throne of Glass
Autora: Sarah J. Maas
Editora: Galera Record
Nº de páginas: 392
 4/5

Nas sombrias e sujas minas de sal de Endovier, uma jovem de 18 anos está cumprindo sua sentença. Celaena é uma assassina, e a melhor de Adarlan. Aprisionada e fraca, ela está quase perdendo as esperanças quando recebe uma proposta. Terá de volta sua liberdade se representar o príncipe de Adarlan em uma competição, lutando contra os mais habilidosos assassinos e larápios do reino. Endovier é uma sentença de morte, e cada duelo em Adarlan será para viver ou morrer. Mas se o preço é ser livre, ela está disposta a tudo.



Trono de Vidro já faz muito sucesso aqui no Brasil, já tenho o livro a algum tempo e só agora resolvi dar uma chance. E olha, eu não me arrependo.

A Sarah J. Mass trás nesse livro uma narrativa tão fluída, e uma mitologia fantástica tão bem construída que você não quer largar o livro de forma nenhuma, você percebe também que de forma sutil ela puxa já alguns arcos ligando aos próximos livros

Um ponto negativo que me deixou muito chateada com o livro, é que existe um triângulo amoroso, algo que detesto muito nas histórias. Celaena é uma mulher forte e meu principal medo com esse problema do romance é que a autora deixe de lado o que destaca a personagem para deixá-la com um estereótipo de boba apaixonada que muitos livros trazem.

A leitura de Trono de Vidro faz parte da minha TBR do Projeto Mulheres para Ler, e foi realmente um grande acréscimo, é um livro escrito por uma mulher e protagonizado por uma grande mulher. Celaena é uma mulher protagonizando uma fantasia épica, e isso é realmente muita coisa! Sarah J. Mass foi muito felizarda na construção dessa personagem; ela é uma personagem fora do comum, extremamente forte e em contrapartida, ela se preocupa com sua aparência e também sofre de amores...

A série Trono de Vidro, principalmente com Celaena tem muito potencial, e tenho fé que isso não vai se perder. Já estou finalizando o livro A lâmina da assassina, que faz parte da série, porém só contém histórias anteriores ao primeiro livro, e já posso dizer o quanto já estou gostando ♥

Queria aproveitar e dizer o quão difícil são as pronúncias dos nomes de alguns personagens desse livro (Chaol que o diga, não é mesmo?), tive que recorrer a vídeos para aprender a pronunciar (o que agora acredito que estou falando certo, acredito).



Espero voltar em breve e contar mais para vocês. Até a próxima!


Nenhum comentário:

Postar um comentário