14 de mar de 2017

[Repostando] Resenha: Sangue e Chocolate


Título: Sangue e Chocolate
Título Original: Blood and Chocolate
Autora: Annette Curtis Klause
Editora: Editora Underworld
Nº de páginas: 254
SKOOB
  5/5

Sangue e Chocolate (Blood and Chocolate), escrito por Annette Curtis Klause, conta a história de Vivian Gandillon que saboreia a mudança, a dor doce e poderosa que a leva de garota à lobo. Com dezesseis anos, ela é bonita e forte, e todos os lobos jovens estão em seu pé. Mas Vivian ainda está de luto pela morte de seu pai; seu grupo continua sem um líder e em desordem, e ela se sente perdida nos subúrbios de Maryland. Ela deseja uma vida normal. Mas o que é normal para um lobo que precisa a todo custo esconder a sua identidade dos humanos? Vivian ganha a vida trabalhando numa loja de chocolates e acaba se apaixonando por um garoto humano, bom e gentil, gatoso um alívio bem vindo para ela. Ele é fascinado por magia, e Viviam deseja se revelar para ele. Provavelmente ele a entendêria sua natureza dupla e não sentiria medo ou repulsa como um humano normal faria. A lealdade dividida de Vivian é forçada ainda mais quando um assassinato brutal ameaça expor o grupo. Movendo-se entre dois mundos, ela não parece pertencer a nenhum dos dois e se sente perdida entre as regras de lealdade de seu mundo e a vontade de se revelar seu amado.

Sangue Chocolate conta a estória de Vivian Gandillon, uma lobisomem que perdeu o pai há um ano e mora com a mãe, Esme, em seu clã. Vivian tem uma ligação muito forte com o que é. Ela valoriza muito isso, mas seu bando está sem líder, bagunçado e desorganizado. No meio de todo esse caus ela conhece Aiden Teague, um ser humano, poeta e apaixonado por magia. Vivian se fascina pelo que ele escreve e através de suas poesias eles se conhecem.

Eventualmente os dois se apaixonam, mas ele não sabe o que ela é e ela deseja muito conta a ele, mas isso vai contra as leis de sua gente e pode colocar em risco não só a ela, mas como todos os outros lobisomens.



Esse livro pode ser tratar de um assunto muito abordado ultimamente, mas não tem nada de clichê. Ele é super surpreendente e as vezes quando começamos adivinhar o que vai acontecer a autora vai lá e pega todo mundo de surpresa.

A estória nos envolve em toda mitologia dos lobisomens. Um mundo diferente dentro do igual.

A narrativa é em terceira pessoa, mas apenas focado na personagem principal. As vezes temos a sensação que é a própria personagem que está narrado.

Os personagens são bem variados e diferentes. Temos o Gabriel, o cara de 24 anos que se torna o líder do clã, temos a mãe de Vivian, Esme, que tem uma quedinha por Gabriel, Astrid, Rafe e muitos outros que fazem parte da construção da estória.


⚠️ SPOILER:  Quando Vivian conta para Aiden, ele pira e vai embora.

Nenhum comentário:

Postar um comentário