08 abril 2017

Resenha: Amar, rir e comer


Título: Amar, rir e comer
Título Original: Love, Laugh, and Eat
Autor: Dr. John Tickell
Editora: Valentina
Nº de páginas: 208
SKOOB
 5/5
Inspirador e de fácil entendimento, Amar, Rir e Comer é o método de longevidade e vida saudável que você esperava. Viver bem e com saúde nunca foi tão fácil – nem tão gostoso e divertido. Viva a vida!
Especialista em perda de peso e renomada autoridade em longevidade, Dr. John Tickell conta o segredo da vida longa: MODERAÇÃO. Moderação em tudo, exceto no amor, no riso, no peixe e nos vegetais, claro.
Baseado no bom senso, na ciência e na alimentação saudável, Amar, Rir e Comer é um guia acessível, simples e descomplicado para você melhorar sua saúde e prolongar sua expectativa de vida. De qualidade de vida, principalmente.
Com sabedoria prática e notória competência médica e científica, Dr. Tickell traz ao Brasil seu Programa ACE: Atividade Física, Controle Mental e Educação Alimentar.
Atuando simultaneamente sobre o corpo, a mente e a boca – os três fatores críticos da vida saudável –, o Programa ACE compreende um conjunto de instruções sobre como manter-se ativo, reagir às pressões externas controlando o estresse e alimentar-se de forma inteligente.
Amar, Rir e Comer contém um programa de desintoxicação de sete dias, planos alimentares que funcionam – simples, saborosos e completos –, deliciosas receitas e uma lista de Petiscos Infalíveis para você se manter energizado o dia inteiro.


Um livro maravilhoso, de um gênero que eu nunca gostei muito antes, mas que me surpreendeu.


Essa resenha é sobre a minha primeira leitura do livro Amar, rir e comer onde eu vou falar para vocês o geralzão do livro como resenhista, mas claro que, como pessoa, terei que ler esse livro - que é, na verdade, um manual sobre como viver e viver bem - várias outras vezes e seguir os passos que me foram ensinados.

Então, vamos lá. O Dr. Tickell passou muitos anos estudando e levantado estatísticas sobre o povo mais saudável do planeta: os okinawenses. São pessoas que vivem até os 90 ou 100 anos, com não só saúde física, mas principalmente saúde mental. Foi baseado nesse povo japonês que o Dr. criou seu maravilhoso método de reeducação alimentar, física e mental.

O método consiste em não apenas cuidar da alimentação, mas principalmente se tornar uma pessoa relaxada, sociável, alegre e saudável.

Preciso dizer que o método do Dr. Tickell é totalmente diferente de todos os métodos de dietas infalíveis que já vimos em qualquer lugar. Não é sobre comer pouco, comer de 3 em 3 horas, se acabar na academia e ficar estressado o dia todo. É sobre, aos poucos, irmos colocando no nosso dia-a-dia, coisas que vão mudar a nossa rotina, assim como o povo mais saudável do planeta.

O autor tem uma uma narrativa muito boa, é leve e descontraída. Ele faz várias analogias e usa da bíblica até contos árabes para ilustrar o que fala. Seus argumentos são fortíssimos e, além de tudo, ele apresenta dados de como suas ideias são válidas. 



Um problema foi que a comparação com má alimentação que o Dr. Tickell faz durante todo o livro, é com o povo estadunidense que, como todo mundo sabe, tem uma péssima alimentação a hábitos alimentares bem diferentes do nosso, então, em algumas coisas, não sabemos com o que comparar, o que vamos perder e esse tipo de coisa.

Além de tudo isso, o livro conta ainda com fotos da ajudante, companheira e super atlética, Sue, a esposa do Dr. Tickell, com alongamentos e exercícios. Também há receitas - que me pareceram super saborosas -, listas e dicas super importantes para ter uma vida realmente saudável, viver muito mais e melhor.


Claro que a leitura, mesmo sendo fluida, não é rápida, porque precisamos nos apenas em cada detalhe, mas como já dito, essa não será a minha primeira leitura. Pretendo seguir o método porque não é qualquer coisa que se acha na internet e que promete perder 10 quilos em uma semana, nem várias baboseiras faladas por gente que não sabe.
É um profissional que é o próprio seguidor do seu método, que auxilia seus pacientes á isso, que viajou o mundo atrás das respostas que queria e que diz sem medo: Nunca é tarde demais! Não importa se você pese 100 quilos e tenha 60 anos. Só será mais difícil, mas não impossível.

Dr. Tickell fala com tanta precisão e paixão que é impossível não sermos contagiados. Por favor, leiam Amar, rir e comer! Vale muito a pena!

Nenhum comentário:

Postar um comentário